Empresa de geoinformação é inaugurada em Belém

Inauguração_Solved

Na próxima segunda-feira, 28, no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá, em Belém, ocorre a inauguração da Solved – Soluções em Geoinformação, empresa que atuará na área de geotecnologias. O evento será a partir das 14h, aberto ao público e terá a participação de especialistas do Brasil e do exterior.

A Solved faz uso da plataforma Google Earth Engine, ainda pouco conhecida do público e que disponibiliza de forma on-line uma quantidade sem precedentes de dados e imagens de satélite, atuais e históricas, permitindo a quantificação e o monitoramento em escala global de mudanças na superfície da Terra. Formada por dois diretores e nove colaboradores, a Solved trabalha, entre outros, para se tornar referência no desenvolvimento de software e rotinas computacionais voltadas à solução de problemas ambientais, além de atuar fortemente na difusão de conhecimento através de cursos de capacitação, no âmbito das geotecnologias.

Pouco conhecida do grande público, porém com afinidades aos profissionais de instituições de ensino e pesquisa, as geotecnologias são técnicas e métodos científicos aplicados à análise, à exploração, ao estudo e à conservação dos recursos naturais, considerando diferentes escalas e a informação espacial. Esse conjunto de técnicas é composto por hardware (satélites, câmeras, GPS, computadores) e software capaz de armazenar, manipular informações geográficas e processar imagens digitais.

Com localização no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá, o primeiro parque tecnológico a entrar em operação na Amazônia, estimulando a pesquisa aplicada, o empreendedorismo inovador, a prestação de serviços e a transferência de tecnologia para o desenvolvimento de produtos e serviços de maior valor agregado, a Solved é formada por colaboradores de diversas áreas como Engenharia da Computação, Oceanografia, Geografia, Geologia, Biologia e Economia. Os profissionais envolvidos estão sempre buscando no uso de tecnologias inovadoras soluções mais eficientes frente aos desafios propostos, aliando o mundo acadêmico às necessidades do mercado.

A Solved será responsável pelo desenvolvimento de programas de computador, bem como pela criação e automação de rotinas computacionais. A empresa também oferecerá cursos de curta e média duração voltados às geotecnologias, que abrangem temas como sensoriamento remoto, geoprocessamento e computação aplicada, sendo, portanto, mais uma opção para capacitação de estudantes e profissionais.

Segundo um dos diretores da Solved, Luiz Cortinhas, os cursos que serão propostos pelo empreendimento “visam preencher lacunas deixadas por instituições de ensino na formação de profissionais, muitas vezes baseada em conteúdos desatualizados”. Ainda segundo Cortinhas, outro diferencial da empresa está na oferta de serviços de automatização e validação de trabalhos que são realizados por órgãos governamentais e também institutos de pesquisa.

Na inauguração nesta segunda-feira, os diretores Luiz Cortinhas e César Diniz apresentarão a empresa, os projetos e serviços e em seguida darão espaço para discussões em uma mesa redonda com convidados do Brasil e também do exterior. Estarão presentes os pesquisadores Carlos Souza, do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon); Marcos Adami, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE); Pedro Walfir, do Instituto Tecnológico Vale (ITVale); Marcos Rosa, da ArcPlan Geoprocessamento, e Inge Jonckheere, da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), convidada internacional da empresa.

Com referências da área de sensoriamento remoto e do monitoramento de florestas, a mesa redonda discutirá abertamente o cenário atual e as perspectivas do Sensoriamento Remoto e do Sistema de Informação Geográfica (GIS) como negócio de impacto. Além de ser viável economicamente, um negócio de impacto deve solucionar questões socioambientais de maneira a modificar positivamente o ambiente em que vivemos.

Serviço: Inauguração da Solved – Soluções em Geoinformação, dia 28, às 14h, no auditório do Espaço Inovação, no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá, à avenida Perimetral, 2651, em Belém. Haverá mesa redonda sobre geotecnologias com profissionais do Brasil e do exterior. A participação é gratuita, mas solicita-se que se inscreva no endereço: http://solved.eco.br/abertura/. Outras informações pelos telefones (91) 98239-1597 ou 98515-9945.

Texto: Júlio Matos com informações da Solved
Photo by Helloquence on Unsplash

One Comment on “Empresa de geoinformação é inaugurada em Belém”

  1. Cristovam W. Picanço Diniz

    Bola dentro…ferramentas novas a serviço da sustentabilidade empregando processamento de imagens de satélite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *